segunda chance

Segunda Chance

“A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. Perguntoulhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho?Pode, porventura, voltar ao ventre materno e nascer segunda vezRespondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te admires de eu te dizer: importavos nascer de novo. O vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo o que é nascido do Espírito.” (João 3.3-8).

A. O NOVO NASCIMENTO.

O que as pessoas mais querem é uma segunda chance, isto é, a oportunidade de fazer tudo de novo, ou recomeçar uma nova vida, viver outra vida, em face aos erros e frustrações proporcionados por uma vida sem Deus e no pecado. Pois é isso que Jesus traz e promete aos seus seguidores, a graça de nascer de novo. Um nascimento nos padrões divinos, produzido pelo Espírito Santo na vida daquele que ouve e crê no Evangelho de Jesus.

B. O QUE SIGNIFICA NASCER DE NOVO?

O entendimento de Nicodemos diante das palavras de Jesus – “se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus” – que ele teria de voltar ao ventre materno e passar pelo processo de nascimento natural novamente. Todavia Jesus está falando de outro nascimento – o espiritual, nascer do Espírito. Ao ouvir a mensagem do evangelho o homem crê na obra de Jesus, e então o Espírito Santo entra nele proporcionando-lhe a graça de ser regenerado, isto é, passar por uma nova geração, o que faz dele uma nova criatura – “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.” (2 Coríntios 5.17).

C. GERADO POR DEUS.

João no seu evangelho, no capítulo 1 versículos 12 a 13 diz: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.” Aqui vemos o poder do novo nascimento, pois a todos os que recebem Jesus é dado o poder de se tornarem filhos de Deus, através da geração divina, gerado pelo próprio Deus. No entendimento do Apóstolo Pedro ele escreve o seguinte: “fostes regenerados não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente.” (1 Pedro 1.23).

D. IMPORTÂNCIA DO NOVO NASCIMENTO.

Para Jesus o novo nascimento é vital para todos os que querem ingressar no reino de Deus – “Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” (João 3.3). Onde não há o novo nascimento não há a mínima possibilidade de se fazer algum progresso na caminhada com Deus. Só a regeneração produzida pelo Espírito Santo torna o homem hábil para penetrar nas coisas de Deus, bem como receber a sua salvação. O salvo é nascido de novo, e o nascido de novo é salvo, e não há a mínima possibilidade de acontecer diferente disso. Só entra no céu quem nasceu de novo.

E. NOSSA RESPOSTA AO NOVO NASCIMENTO.

“Em quem também vós, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, tendo nele também crido, fostes selados com o Santo Espírito da promessa; o qual é o penhor da nossa herança, até ao resgate da sua propriedade, em louvor da sua glória.” (Efésios 1.13,14). É preciso ouvir e crer na pregação do evangelho, para que recebamos o Espírito Santo, que há de produzir em nós o tão desejado e necessário Novo Nascimento.